Opções de reciclagem

Com o aumento da pressão regulatória para minimizar o descarte de plásticos em aterros, e o desejo óbvio da indústria de ser mais sustentável, é importante melhorar o escopo das tecnologias de reciclagem do PVC. Existem duas opções principais para a reciclagem dos resíduos de PVC: a reciclagem mecânica e a reciclagem da matéria-prima. VinylPlus presta especial atenção ao potencial de algumas destas tecnologias para uma reciclagem economicamente sustentável dos resíduos de PVC “mistos e difíceis”.

Reciclagem mecânica:

Reciclagem mecânica abrange processos que não quebram cadeias de polímeros em pequenos componentes. É bem adequada para resíduos pré-classificados, de fluxo único de resíduos. Dentro da categoria de reciclagem mecânica, duas subcategorias são definidas: tecnologias convencionais e não convencionais.

  • Tecnologias convencionais descrevem processos há muito estabelecidos que normalmente separam, trituram e separam componentes dentro do fluxo de resíduos, resultando em PVC reciclado granulado que pode ser usado na fabricação de novos produtos.
  • Tecnologias não convencionais cobrem processos alternativos que frequentemente usam processos baseados em solventes ou pré-processamento para acessar o PVC de fluxos de resíduos mais difíceis ou complexos. O processo VinyLoop® é um exemplo disso.

Reciclagem química:

A reciclagem química é mais adequada para misturas plásticas não triadas e fluxos de resíduos contendo materiais compostos. Esses processos envolvem (geralmente) tratamento térmico do fluxo de resíduos de PVC com recuperação de cloreto de hidrogênio que pode então ser devolvido à fabricação do PVC ou usado em outros processos. A parte hidrocarboneto do PVC pode ser usada para gerar syngas (ou gás de síntese – uma mistura industrialmente útil de hidrogênio e monóxido de carbono) que pode servir como matéria-prima para a produção de produtos químicos.

  • Um processo específico de reciclagem química para fluxos de resíduos de PVC que não são adequados para reciclagem mecânica foi desenvolvido em parceria com a Solvay, Suez e Resolest. Utiliza a tecnologia SOLVAir® (www.solvairsolutions.com) de controle de emissão de gases de combustão para neutralizar o gás ácido clorídrico criado pela decomposição a alta temperatura do PVC por bicarbonato de sódio durante a incineração. O processo de purificação e recuperação de material dos resíduos do Tratamento de Gases de Efluentes foi classificado como reciclagem no Documento de Referência da Melhor Tecnologia Disponível (BAT) para Tratamento de Resíduos (1). Os produtos químicos de sódio residuais recuperados são então purificados pela Resolest (www.resolest.fr) e o NaCl obtido utilizado em uma planta da Solvay para produzir carbonato de sódio. Esta opção de reciclagem suplementar ajuda a desviar os resíduos dos aterros e preserva os recursos naturais, reduzindo a necessidade de extrair novas matérias-primas (NaCl).

(1) Directiva de Emissões Industriais 2010/75/EU, Prevenção e Controlo Integrado da Poluição, secção 5.5.1.3.1; Outubro 2017

Para informações detalhadas, consulte a brochura “Tecnologias de Reciclagem de PVC”.